Água

Mais do que ser a principal matéria prima da cerveja, sabemos que a água é um recurso essencial para o bem-estar econômico, social e ambiental de nossas comunidades.

Fazemos cervejas com o mais alto nível de eficiência hídrica, desenvolvendo processos referência na indústria para reduzir o uso de água para 3,09 L por litro de cerveja em média em mais de 200 cervejarias nos últimos 5 anos. Temos planos ambiciosos para ampliar ainda mais nossas eficiências. Hoje no Brasil já existem cervejarias trabalhando com 2,94L.

O desafio global da água é maior que o nosso e por isso estamos trabalhando em bacias de alto risco nas áreas em que operamos, garantindo o acesso e a qualidade da água para nossas comunidades e cervejarias.

O impacto de longo prazo dependerá de colaboração. Juntamente com as autoridades locais, usuários de água e ONGs, como o Fundo Mundial para a Natureza (WWF) e a The Nature Conservancy (TNC), continuaremos a investir recursos financeiros e técnicos em iniciativas de infraestrutura verde, projetos de conservação e reflorestamento, restauração e técnicas de conservação do solo.

Esses parceiros compartilham nossa visão e que o impacto mensurável em escala é a próxima fronteira na administração de recursos hídricos. E, com referências confiáveis, podemos promover mudanças significativas compartilhando nosso conhecimento com outras empresas, governos e parceiros.

Água amasaveh - Sistema de Autoavaliação de Eficiência Hídrica Coalizão cidades pela água

O que estamos fazendo

A água é a principal causa – está no centro das ações de sustentabilidade – da Cervejaria Ambev e, para contribuir com esse objetivo, a cervejaria mantém, por exemplo, o projeto Coalizão Cidades pela Água, da TNC, que atua em 243 municípios incorporando a gestão dos recursos hídricos à preservação de rios e nascentes, com o objetivo de aumentar o acesso à água para mais de 60 milhões de brasileiros em 21 bacias hidrográficas localizadas em 12 regiões metropolitanas. Além disso, a cervejaria mantém o Projeto Bacias, que hoje está em Jaguariúna (SP), Jundiaí (SP) e Guandu (RJ), em parceria com a TNC, e em Sete Lagoas (MG) em parceria com a WWF. Uma de suas principais frentes é o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) a produtores rurais, que oferece incentivo financeiro aos agricultores que se comprometerem com práticas de conservação em suas propriedades. O Bacias também financia de maneira integral todas as medidas de conservação necessárias à adequação ambiental da propriedade para que ela esteja apta a participar do projeto. Outro exemplo é a água AMA, que destina 100% do lucro a projetos de acesso à água na região do semiárido. O produto, primeiro negócio social desenvolvido por uma grande empresa no Brasil, já arrecadou mais de R$ 1,4 milhão para a causa, beneficiando cerca de 6.660 pessoas por nove comunidades no Ceará e Piauí. Por fim com a Plataforma SAVEh, Sistema de Avaliação de Eficiência Hídrica em que compartilhamos nossa metodologia de gestão de maneira online e totalmente gratuita com a comunidade.